Descobertas natalícias

Iniciámos os preparativos para o Natal. Confesso que muito mais tarde que nos outros anos. Normalmente eu sou a impulsionadora do Natal no nosso T2, mas este ano, talvez por andar um pouco chateada com o Mundo ainda não caiu em mim aquele espirito natalício.

Mas pelo #18 e pelo #27 enchemo-nos de apetite…sim! O #42 normalmente não tem muita paciência para o histerismo natalício, então comigo assim a coisa ainda descamba mais! E lá montámos a árvore de Natal e embrulhámos com muito amor e carinho os primeiros presentes. Só para aguçar a curiosidade do #27. Por mais incrível que pareça, já passou uma semana e as bolas, estrelas e afins da árvore ainda permanecem por lá. Confesso que estava à espera de andar atrás delas pelo meio da casa. O #18 deixa-me maluca com tanta mexeriquice. Estávamos mal habituados! Eu sei!

Compras de natal! Praticamente todas a caminho. Se não gostamos de centros comerciais em dias normais (e posso falar pelo #42 sobre este ponto, com toda a certeza do Mundo), muito menos nestas alturas do ano. Parece que o Mundo enlouquece, revira tudo, mexe em tudo, anda aos encontrões, não pede desculpa e tem sempre um ar de todos lhe devem, mas ninguém lhe paga. Por isso este ano foi praticamente tudo online. E acreditem que foi óptimo. Cuidadosamente, escolhemos os presentes a pensar a quem os vamos entregar. Descobrimos marcas e lojas que não conhecíamos e que simplesmente adorámos, como a  A Venda (loja de coisas simples, onde apetece comprar tudo), a Labuta (100% portuguesa), Madre (também 100% portuguesa e com peças únicas), ou a Anna & The Gang (roupa de bébe super original), entre outras. Não consegui comprar em todas, mas a lista de coisas que gostei é infindável. Claro que também tivemos que recorrer às massas, mas este ano foi diferente!

E para que o espirito de Natal realmente chegasse, eu e o #27 já ensaiámos a massa das bolachas, que por ele são para oferecer … mamã, podemos oferecer bolachas a quem vier cá a casa no Natal. Assim ficam contentes! A primeira fornada de bolachas de limão com sementes de papoila já foi toda. Como ainda não tínhamos forminhas para o Natal, saíram galinhas, coelhos e pássaros. Mas o que interessa é que descobrimos a receita ideal (aprovadíssima por todos os pés). São doces e amanteigadas como manda a regra nesta quadra.

dsc03238

E os vossos preparativos?

#38

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s